Conheça o melhor Sistema ERP para Indústrias e Distribuidoras


Em busca dos melhores métodos de controle de estoque para a sua empresa? Saiba que, hoje em dia, há muitas metodologias adaptadas para os mais diversos cenários e perfis de negócios.

Conhecer cada um dos métodos de controle de estoque é essencial para uma gestão eficiente e estratégica dos recursos empresariais.

Sendo assim, esse conhecimento possibilita às empresas escolherem a técnica mais apropriada para as necessidades específicas do negócio, considerando aspectos, como sazonalidade, variabilidade da demanda e características dos produtos. Vem com a gente e confira quais são os principais métodos de controle de estoque.

O Que É Controle De Estoque?

métodos de controle de estoque

O controle de estoque é, basicamente, um processo de monitoramento, gestão e regulamentação dos volumes de mercadorias ou matérias-primas que uma empresa mantém em seus armazéns. 

Essa prática envolve a adoção de sistemas e processos para o registro eficiente das entradas e saídas de mercadorias, avaliação dos níveis de estoque e determinação da necessidade de reposição. 

Qual É O Objetivo Do Estoque?

O objetivo principal do estoque é um equilíbrio estratégico entre a oferta e a demanda do mercado, visando sempre o atendimento às necessidades dos clientes, garantindo que produtos ou matérias-primas estejam disponíveis quando solicitados.

Neste contexto, a proposta é evitar excessos de produtos, que possam resultar em custos desnecessários, ou a falta de mercadorias, que possa inviabilizar as vendas, gerando prejuízos financeiros.

O estoque contribui ainda para a continuidade das operações, proporcionando uma reserva estratégica para lidar com as demandas do mercado. 

Qual É A Função Do Controle De Estoque?

A função do controle de estoque é promover uma gestão proativa, eficaz e estratégica dos recursos disponíveis, como produtos, insumos ou matérias-primas no inventário de uma empresa.

A função dos mais diversos métodos de controle de estoque é monitorar continuamente as quantidades de produtos ou matérias-primas, registrando entradas e saídas de mercadorias, avaliando os níveis de estoque e determinando a necessidade de reposição. 

Ao ter um controle de estoque eficiente, é possível evitar excessos, minimizar escassez de produtos, além de otimizar os custos associados ao armazenamento, garantindo, assim, o atendimento às demandas. 

Qual É A Real Importância Dos Métodos De Controle De Estoque?

Os diferentes métodos de controle de estoque são essenciais para garantir uma gestão precisa e eficiente dos recursos empresariais, que podem ser os mais variados, como produtos, matérias-primas, insumos, etc.

Esses métodos são essenciais para assegurar a disponibilidade oportuna de produtos para o mercado, mas também para promover a sustentabilidade financeira e competitividade da empresa no segmento de atuação.

Os métodos de controle de estoque são importantes para garantir a eficiência operacional e na minimização de desperdícios, impactando na rentabilidade e na satisfação do cliente.

Quais Os Principais Métodos De Controle De Estoque?

Para aproveitar os benefícios dos diversos métodos de controle de estoque, é importante que você conheça as características e detalhes de cada um deles.

Confira os métodos para controle de estoque:

PEPS (Primeiro A Entrar, Primeiro A Sair)

Este método define que os produtos mais antigos no estoque são os primeiros a serem vendidos ou usados pela empresa. Essa sistemática cronológica evita a obsolescência de produtos e também minimiza custos associados a produtos armazenados por períodos prolongados.

UEPS (Último a Entrar, Primeiro a Sair)

Por outro lado, o método de controle de estoque UEPS considera que os produtos mais recentes são os primeiros a serem utilizados ou vendidos. Essa abordagem pode ser benéfica para fins fiscais, mas pode resultar em custos maiores para produtos mais antigos.

PVPS (Primeiro a Expirar, Primeiro a Sair)

Esse método é indicado para empresas que têm produtos com prazo de validade, priorizando a utilização dos itens mais próximos do vencimento, sendo mais usado em setores alimentícios ou de medicamentos.

Just In Time (JIT)

O JIT é uma abordagem que tem como objetivo minimizar o estoque ao manter somente o necessário para atender à demanda imediata. Seu objetivo é reduzir custos associados ao armazenamento e promover uma produção mais eficiente.

Curva ABC

A análise ABC, como mencionamos, é um método de controle de estoque, que classifica os itens do estoque com base em sua importância para a empresa, priorizando os itens mais críticos. Geralmente, os itens são categorizados como A (alta prioridade), B (média) e C (baixa).

Custo Médio

Já o método de controle de estoque, chamado custo médio, calcula o custo médio ponderado dos produtos presentes no estoque, dividindo o custo total pelo número de unidades. Essa técnica é considerada uma das mais simples e eficazes para determinar o valor unitário médio.

Preço Específico

Este método atribui um custo específico a cada unidade de produto, refletindo seu preço de aquisição real, sendo muito usado quando as unidades de um mesmo item podem ter custos distintos.

Giro de Estoque

Já o giro de estoque mede o número de vezes que um determinado item é comercializado ou usado em um determinado período. Quanto maior o giro, menor a quantidade de estoque médio mantido e, consequentemente, maior a eficiência operacional.

Como Controlar O Estoque?

métodos de controle de estoque

Para controlar o estoque de maneira eficaz, é necessário implementar estratégias sistemáticas, além de contar com a tecnologia para o aprimoramento das ações. 

O primeiro passo, além de usar os métodos de controle de estoque, é adotar um sistema de classificação para os itens como, por exemplo, a análise ABC, que classifica as mercadorias a partir do seu grau de importância para o negócio. 

Além disso, é essencial também que seu negócio mantenha registros precisos das entradas e saídas de produtos com o uso de soluções, como códigos de barras, RFID ou sistemas de gestão integrada (ERP)

Estabeleça também uma rotina de monitoramento dos níveis de estoque para compreender o momento certo de fazer as reposições de produtos, sem deixar que falte ou tenha excesso de produtos em estoque. Defina também pontos de reposição e faça inventários periódicos para entender como estão os armazéns de estoque. 

Conclusão

Já sabe qual o melhor método de controle de estoque? Independentemente da sua escolha, saiba que uma das melhores soluções do mercado para auxiliar na gestão dos seus armazéns é o ADV ERP, que ajuda a sua empresa a otimizar a administração do estoque. 

Nosso software de controle de estoque garante a simplicidade na consulta de saldos de estoque, realiza a automação no controle de vendas, executa os balanços de estoque com facilidade, além de oferecer recursos de códigos equivalentes e muito mais.


    Acesse agora a Demonstração Grátis

    Descubra como transformar a gestão da sua empresa

    Sistema de gestão completo, fácil de instalar e simples de usar, faça uma demonstração gratuita

    Área de Atuação




    Demonstração Grátis