Como escolher um ERP para sua empresa

/, Noticias/Como escolher um ERP para sua empresa

Finalmente conseguiu convencer sua equipe a implementar um ERP e agora passou para a fase da escolha da ferramenta? Pois saiba, desde já, que precisará fazer um mergulho profundo nas reais necessidades operacionais da empresa, assim como nas próprias funcionalidades do software avaliado e nas características do fornecedor em si. E por mais que esses sejam só os fatores mais básicos a serem considerados nessa busca, não é nada impossível encontrar a solução integrada de gestão empresarial ideal para seu negócio! Está buscando informações sobre como escolher um ERP para sua empresa? Pois neste artigo você encontrará dicas essenciais para ajudá-lo nessa missão. Então acompanhe:

Mas o que é um ERP?

Antes de conferir nossas dicas sobre como escolher um ERP, vamos recapitular rapidamente no que consiste esse recurso e para que serve? Simples: um ERP é um software que integra todos os processos e departamentos de uma empresa de modo a automatizar os fluxos de trabalho e armazenar os dados em um único ambiente tecnológico.

O maior benefício que um ERP pode trazer para o negócio é, portanto, unificar as informações e torná-las disponíveis para todos os envolvidos no dia a dia das operações. Assim, quando o departamento de vendas imputa e processa dados, por exemplo, o financeiro, compras, produção e os demais envolvidos em um determinado processo têm acesso às informações atualizadas sem a necessidade de consultar e comparar diversas planilhas produzidas separadamente.

E como escolher um ERP?

Dito isso, vamos aos vários critérios que devem ser considerados na hora de buscar seu ERP no mercado de softwares:

Levante as necessidades da empresa

O primeiro passo para verificar qual ERP poderá atender melhor à empresa é fazer um levantamento das necessidades que precisarão ser sanadas com o sistema. A melhor forma de fazer isso é mapeando os processos já existentes e também levantando quais precisam ser criados ou ajustados para que a operação se torne mais produtiva e traga retornos ainda maiores para o negócio.

Busque um fornecedor de confiança

O ideal é montar o projeto e mostrá-lo a alguns dos potenciais fornecedores do mercado. Aí, as empresas desenvolvedoras demonstrarão as funcionalidades de suas soluções (por isso é importante que o setor de Tecnologia da Informação esteja envolvido no processo). Mas, vá além das especificações técnicas e da usabilidade do sistema, avaliando o fornecedor em si. Verifique qual é sua reputação no mercado e como são os suportes técnico e de atendimento oferecidos. Você pode fazer benchmarking com as empresas que já são clientes, conversar com a equipe de TI e também com alguns usuários.

Verifique se há cases de sucesso

Uma excelente forma de avaliar ao mesmo tempo o sistema e seu fornecedor é verificar sua experiência em relação à sua área de atuação, ao ramo do seu negócio. Embora isso não deva ser tratado como determinante, quando o fornecedor tem cases de sucesso com empresas similares à sua, significa que ele já teve um aprendizado prévio e, portanto, poderá atendê-lo com mais propriedade.

Analise o plano de implementação

O período de implementação do ERP é marcado por mudanças significativas na rotina dos usuários, podendo impactar tanto na produtividade como em diversos outros fatores. Sabendo disso, o ideal é que o fornecedor procure diminuir esses impactos negativos ao máximo, fazendo a implantação com a maior rapidez possível. Para saber se isso é viável e recebe a devida atenção por parte do fornecedor, é importante avaliar as metodologias e o planejamento de implementação oferecidos.

Avalie o treinamento oferecido

Já durante a implantação, é importante que boa parte da equipe aprenda a lidar com o novo sistema. É por isso que a qualidade do treinamento oferecido pelo fornecedor se torna fundamental, proporcionando que essa curva de aprendizado seja a menor possível. Então avalie como é o treinamento oferecido pela empresa desenvolvedora do software antes de tomar qualquer decisão.

Cheque as funcionalidades do sistema

Sabendo de suas necessidades e mapeando os processos da empresa, você já terá uma boa ideia de como as funcionalidades dos sistemas que está avaliando poderão se encaixar (ou não) na realidade do negócio. Avalie cuidadosamente as parametrizações e a possibilidade de personalizar as funcionalidades. Verifique também se os fluxos de atividades dentro da solução são amigáveis, se a usabilidade é mesmo boa. Coloque-se no lugar do usuário final e veja se seu dia a dia seria facilitado com o sistema.

Enxergue o potencial de crescimento

A intenção da sua empresa é crescer, certo? Mas e o sistema avaliado, conseguirá acompanhar esse crescimento, com aumento da demanda, da quantidade de usuários, do volume de dados processados e armazenados e assim por diante? O ideal é verificar logo se o fornecedor tem capacidade de atender a suas possíveis demandas de customização nesse sentido.

Examine a segurança do ERP

Como todos os dados da sua empresa estarão no sistema, é importante que a equipe de TI faça uma boa avaliação das especificações técnicas relativas à garantia de segurança da informação. Afinal de contas, o ERP não pode ter vulnerabilidades que coloquem os dados corporativos em perigo!

Pese o preço do sistema

Depois de verificar todos os quesitos citados acima, chegue aos fornecedores que melhor se encaixam no que você procura e, só então, avalie os custos. Mas atenção: procure pelos custos ocultos associados ao ERP, que incluem implementação, upgrades de hardware, recursos da equipe de projeto, tempo de implementação (quanto mais longo, mais custoso, pois impacta na sua operação), manutenção e assim por diante.

Com a crescente oferta de ERPs no mercado, escolher a solução certa pode parecer tarefa difícil, mas, com as necessidades do negócio devidamente mapeadas e fazendo avaliações técnicas minuciosas, você logo conseguirá encontrar a que melhor se adapta a suas demandas!

Agora que já sabe como escolher um ERP para sua empresa, comente aqui e nos conte se ainda ficou com alguma dúvida! Já conseguiu identificar em qual desses aspectos terá mais dificuldade? Compartilhe suas impressões e seus questionamentos conosco! E aproveite para ler também sobre os erros mais comuns na implementação de um ERP!

CTA - e-book Como escolher a melhor ferramenta de gestão para sua empresa
Por | 2016-03-07T17:03:59+00:00 07/03/16|

Deixe seu comentário

Atenção: Os comentários abaixo são de inteira responsabilidade de seus respectivos autores e não representam, necessariamente, a opinião da ADV Tecnologia.

Ligue Agora: (11) 2261-4000 Fora do Estado de SP: 0800 818 2804