Se você é varejista e possui estoque físico e virtual, é necessário manter os dois bem alinhados para evitar que erros de divergência no estoque aconteçam. Afinal, seu principal objetivo é vender os produtos que estão neste estoque, evitando perdê-los por falta de atenção ou organização.

O fluxo de caixa é uma ferramenta extremamente importante para a gestão financeira de qualquer empresa. Ele permite que sejam conhecidos não só os valores líquidos de recursos disponíveis, mas toda a movimentação de entrada e saída do negócio. Entretanto, alguns erros em sua elaboração podem prejudicar até mesmo a própria continuidade do seu empreendimento.

Essa divergência no estoque pode acontecer desde o momento do recebimento do produto, até o instante que ela passa pelo ponto de venda, seja ele físico ou virtual. Por isso, neste texto, vamos explicar qual é a melhor forma de evitar que isso aconteça e prejudique os resultados da empresa.

Como evitar divergência no estoque?

Uma das razões para controlar o estoque é a perda de produtos que ficaram armazenados e não foram vendidos em tempo hábil. Se a mercadoria que consta no sistema não está em condições de comercialização, isso trará prejuízo ao estabelecimento.

Nesse aspecto, a presença do promotor no PDV pode ser muito útil. Ele pode verificar, por exemplo, se as mercadorias tem sido repostas com a velocidade ideal para um escoamento favorável ou se permanecem muito tempo no estoque.

Ao verificar as condições de exposição de mercadorias e promover a reposição das prateleiras em tempo hábil e de forma adequada, o promotor pode ajudar na solução desse problema.

Considerando a demanda pelo produto, ele também consegue estabelecer uma frequência ideal para reposição, aumentando as vendas. Além disso, com um bom relacionamento com a loja, ele consegue sinalizar os produtos que estão próximos da data de validade, permitindo ao comércio realizar ações promocionais que evitam a perda de mercadorias.

Como perdas de estoque afetam meu negócio?

Para um varejista, ter produtos em falta, por exemplo, é um fator decisivo que pode reduzir suas vendas e até mesmo comprometer a confiança do consumidor no negócio. Pior ainda é quando isso ocorre devido à perdas decorrentes do mau gerenciamento deste estoque.

As perdas de estoque podem acontecer em qualquer momento da sua operação e podem se relacionar com diversos fatores, como deficiências na política de controle de inventário da empresa, práticas incorretas no recebimento, armazenamento ou até mesmo manuseio dos produtos.

Prevenir esse tipo de cenário é algo que pode ser facilmente solucionado com uma gestão bem ajustada e uma comunicação efetiva dentro da organização. Além de garantir lojas bem abastecidas, uma gestão voltada à redução de possíveis perdas de estoque assegura a rentabilidade, garantindo que que a empresa elimine prejuízos e obtenha sempre os melhores resultados sobre o investimento.

Em tempos de crise econômica, onde as vendas podem não estar tão boas quanto em outras épocas, evitar ao máximo as perdas de estoque são uma excelente forma de transformar a situação econômica de uma empresa. De certa forma, evitar desperdícios e perda de mercadorias é ganhar dinheiro para operação, trazendo lucro e rentabilidade em outras frentes.

Demonstração Grátis