Cadastre-se e assista uma demonstração online

Demonstração Interativa

Acesse e conheça todos os detalhes do software Advanced Business ERP

Advanced Business E.R.P

Como aumentar as vendas mesmo durante a crise

Como aumentar as vendas mesmo durante a crise

Como aumentar as vendas mesmo durante a crise

Pare por um momento e pense: quantas vezes você já ouviu falar que qualquer crise é, na verdade, uma grande oportunidade? Provavelmente diversas, certo? Porém, no dia a dia, quando a demanda é reduzida e o faturamento cai, muitas vezes fica difícil entender como exatamente aproveitar esse período turbulento para crescer e tornar a empresa mais eficiente. Será que é realmente possível aumentar as vendas mesmo durante a crise? Pois a resposta é um sonoro sim! E é exatamente por isso que alguns negócios fazem sucesso no longo prazo e outros acabam tendo que fechar suas portas.

Quer se tornar essa empresa de sucesso? Então saiba, desde já, que precisará ser inteligente, criativo e escolher as melhores alternativas. Aprenda no post de hoje a aproveitar o período da crise para rever suas estratégias e aumentar suas vendas!

Entenda e fidelize os clientes

A primeira (e talvez mais importante) lição para tempos de crise é aprender a ouvir seus clientes. Com a economia desfavorável e a concorrência ainda mais acirrada, mais do que nunca é importante entender quais são as reais necessidades dos consumidores para que sua empresa tenha a capacidade de oferecer as melhores soluções.

Lembre-se de que, em uma crise, o cliente automaticamente fica mais criterioso com seus próprios gastos, necessitando, portanto, de uma empresa que resolva seus problemas. Se seu negócio for capaz de oferecer essas soluções, o cliente ganha confiança na marca, aponto de recorrer a você sempre que precisar. Essa é a chave para entender o conceito de fidelização. O cliente não se torna fiel porque gosta da sua empresa ou porque jamais recorrerá a um concorrente. Ele se torna fiel porque tem a confiança de que terá seu problema solucionado dentro do prazo, com qualidade e por um valor justo.

Estude o mercado e se adapte

Uma variável particularmente importante em períodos de crise é a velocidade. Sua empresa precisa ter a capacidade de se adaptar rapidamente às mudanças de demandas e às transformações que seus concorrentes imprimem no mercado. E o segredo para que seu negócio adquira essa velocidade está na informação.

Por isso, estude constantemente seus concorrentes, procurando entender quais são suas estratégias, como andam seus preços e como vêm oferecendo seus produtos. Analise os motivos pelos quais alguns estão vendendo mais e outros estão perdendo participação no mercado. E, o mais importante, use essas informações para embasar suas estratégias de venda, tendo sempre respostas rápidas a quaisquer que sejam as transformações.

Faça uma boa gestão de estoque

Mesmo nos períodos de bonança, é importante fazer uma boa gestão de estoque, que seja eficiente e integrada aos demais processos da empresa (especialmente os de vendas). E se na normalidade essa providência já é importante, na crise é absolutamente vital.

Pense bem: uma grande quantidade de produtos de baixa circulação em estoque, por exemplo, representa perda de capacidade de investimento. Por outro lado, a falta de um produto de alta circulação nas prateleiras pode significar preciosas vendas não concluídas. Quando a economia está desfavorável, os clientes estão mais criteriosos e a concorrência mais acirrada, sua empresa não pode enfrentar nenhum desses dois cenários.

Busque soluções criativas

A falta de recursos para investimentos e a natural redução de demanda exige criatividade dos empresários. É a hora, portanto, de buscar soluções inovadoras, que tenham um custo baixo e bom potencial para aumentar as vendas.

Para isso, você pode reunir sua equipe para uma sessão de brainstorm. Mantenha-se aberto às ideias que surgirão a partir da livre associação coletiva de pensamentos. Assim é possível criar soluções realmente inovadoras, que permitam à sua empresa vender mais. O que pode ser mudado na estratégia de vendas? Como apresentar o produto de forma mais atraente? Como atingir o público com mais eficiência? Esses são apenas alguns exemplos de perguntas que podem gerar insights produtivos.

Só não se esqueça que a inovação não precisa ser, necessariamente, revolucionária. Ela, na verdade, pode se dar em forma de uma pequena transformação na estratégia de venda, uma promoção diferente ou até mesmo uma forma aprimorada de atender os clientes. O importante é buscar soluções com baixo custo e que sejam únicas para ajudar sua empresa a se diferenciar dos concorrentes.

Invista de maneira inteligente

Nos momentos de crise, a primeira ideia que vem à cabeça dos empresários é o corte de gastos, não é mesmo? Tudo bem que essa economia forçada é realmente necessária para estancar os vazamentos de recursos da empresa, mas, mesmo nesse período, é fundamental continuar investindo. A única ressalva, nesse cenário, é que os tiros devem ser certeiros.

Nos períodos mais favoráveis da economia, é possível correr mais riscos, já que o negócio não será tão afetado por uma aposta equivocada. Quando a economia está desfavorável, por outro lado, é necessário estudar seus movimentos com rigor, investindo apenas quando o retorno for muito provável. Esse cuidado vale para todos os investimentos, desde compras de equipamentos até gastos com publicidade, passando por contratação de funcionários e estratégias de expansão. O importante é entender que não basta cortar gastos. Para aumentar as vendas (mesmo durante a crise) é preciso continuar investindo!

Dê atenção ao clima organizacional

De nada adianta ser mais inovador, tentar investir mais no cliente e estudar o mercado se os funcionários estiverem desmotivados. Sua equipe precisa estar afinada no esforço coletivo de vender mais mesmo com os novos desafios impostos pelo novo cenário. Para isso, precisam estar treinados e motivados!

Nesse momento, a capacitação dos funcionários (especialmente da equipe de vendas) é um ótimo exemplo de investimento certeiro. Também é fundamental que o empresário realize reuniões com frequência, procurando entender as dificuldades do time, escutar novas ideias, definir as melhores estratégias de vendas e se adaptar às mudanças do mercado.

Viu como a crise é, de fato, uma ótima oportunidade não só para rever estratégias, mas para fazer sua empresa vender mais? Transforme seu negócio em um porto seguro para os clientes, onde encontrarão as soluções de que tanto precisam (com qualidade, inovação e colaboradores dispostos), e observe suas vendas subirem!

Gostaria de dividir com outros leitores mais alguma ideia para vender mais mesmo durante a crise? Comente aqui e compartilhe suas sugestões conosco! Participe!

 CTA - e-book 20 motivos rever o software - p
Compartilhe