CRM e ERP são siglas de sistemas que devem estar presentes no cotidiano de toda empresa, seja ela de grande ou pequeno porte. Elas são referentes a tecnologias que buscam otimizar os processos dentro de uma companhia. Esses softwares, inclusive, podem ser decisivos no crescimento, estagnação ou, na pior das hipóteses, no declínio de uma operação!

A automatização de uma empresa auxilia nas questões internas e externas. Principalmente para os gestores melhorarem a forma como administram as demandas. Por isso, ao recorrer a softwares assim, é possível gerar relatórios com mais agilidade e menos erros. Além disso, a análise de dados e o gerenciamento da companhia ficam mais otimizados.

Porém, você sabe, realmente, o que significa ERP e CRM? Sabe quais são as diferenças e semelhanças entre eles? Neste post você vai entender tudo! Além disso, veja quais as vantagens de cada tipo de software, se vale a pena integrá-los e como escolher o melhor para sua empresa. Fique até o fim deste post e confira!

O que é ERP e CRM?

ERP é a sigla para Enterprise Resource Planning – Planejamento dos recursos da Empresa, em português – e CRM é Customer Relationship Management – em tradução fica Gestão de Relação com o Cliente. Essas duas siglas se referem a softwares, que têm como objetivo melhorar a gestão de uma empresa.

Cada um destes sistemas têm aplicações diferentes, mas podem – ou não – serem usados em conjunto. De maneira geral, essas tecnologias visam diminuir a quantidade de capital necessário para operar uma empresa e melhorar o relacionamento com o cliente. Assim, espera-se otimizar todos os processos e melhorar a fidelização dos consumidores.

Os sistemas ERP e CRM se diferenciam entre si de algumas formas. No próximo tópico você vai ver quais são as distinções entre cada um destes softwares.

Quais as diferenças entre ERP e CRM?

Um sistema ERP tem uma aplicação bem grande dentro de uma empresa. Ele pode ser dividido em módulos e é a base para uma boa gestão. Esse tipo de software é capaz de integrar informações de diversos setores de uma mesma companhia. Assim, ele torna todos os processos mais eficientes. Logo, ocorre uma redução nos custos necessários para o funcionamento da operação.

Por sua vez, o sistema CRM tem uma aplicação mais específica. Ele é focado no acompanhamento das negociações com os clientes. Por isso, seu principal aspecto é focar na fidelização e no relacionamento a longo prazo com os consumidores. Apesar de ter uma aplicação mais focada, esse tipo de software é tão importante quanto o primeiro.

Quais as características de um sistema ERP?

Ao conhecer melhor cada atributo de um sistema assim, já é possível imaginar como ele pode se aplicar à sua empresa. Então, confira as principais características do ERP:

  • composto por vários módulos de software;
  • unificam dados de vários setores;
  • otimizam os processos dos negócios;
  • coleta e processa dados em tempo real;
  • elimina a dependência de procedimentos manuais;
  • alta funcionalidade;
  • adaptação a qualquer mudança na operação.

Independente do nicho de atuação da sua empresa, é necessário ter um sistema ERP. Afinal, com essas características, é possível notar como ele é fundamental para melhorar o retorno financeiro. Para entender melhor sobre esse assunto, veja nosso post explicando o porquê o ERP é importante.

Quais as características de um sistema CRM?

As características do software de relacionamento com o cliente, o CRM, são bem definidas. A principal delas é uma aplicação mais focada. Veja quais são as principais propriedades de um sistema com essa finalidade:

  • unificação dos dados de contato dos clientes;
  • aumento na força das vendas;
  • melhor conhecimento dos clientes, baseado em seus hábitos de compra;
  • histórico das conversões dos clientes;
  • segurança e sigilo dos dados comerciais;
  • lembretes de atividades de follow up;
  • acesso remoto;
  • visualização do fluxo de negócios;
  • acesso a estatísticas sobre os vendedores, vendas etc.

De maneira geral, o CRM é um ótimo agente para fechar mais vendas. Afinal, ele auxilia a compreender os hábitos dos clientes e te ajuda a fidelizá-lo.

Quais as vantagens do ERP?

De maneira geral, o sistema ERP tem como principal vantagem a redução de custos de operação. Afinal, ele permite otimizar e automatizar muitos processos, o que garante menos tempo necessário para cumprir as demandas administrativas, financeiras, comerciais e do RH.

Assim, essa tecnologia pode estar presente em vários segmentos do mercado. Por exemplo, o ERP é fundamental para o e-commerce. Veja quais são outras vantagens de aderir ao uso desse software.

Redução de custos

Não estruturar e automatizar os processos pode resultar em um alto custo de operação. Além disso, a falta de um sistema integrado de planejamento, aumenta o desperdício de materiais, capital humano e recursos tecnológicos. Um ERP traz agilidade para os processos e elimina as falhas mencionadas anteriormente.

Produtividade

Pense conosco, se há um software capaz de otimizar vários processos que seriam manuais, o que vai acontecer com a produtividade da sua equipe? Vai aumentar, é claro. Muitas vezes, o ERP vai fazer todo o trabalho da equipe e não será necessária nenhuma interação humana para cumprir a demanda.

Integração

Com o ERP, todos os setores da empresa ficam interligados. Não é necessário esperar um e-mail com um relatório vindo de outra equipe. Ou seja, os processos ficam mais fluidos, eficientes e menos burocráticos. Além disso, há uma redução significativa no retrabalho.

Alinhamento estratégico

Um bom gestor precisa estar atento à execução das demandas, não é mesmo? Em uma organização ultrapassada, isso é feito a partir de reuniões que tomam tempo e, consequentemente, diminuem a produtividade do time. Com um sistema ERP, é possível que o administrador tenha acesso ao andamento das tarefas instantaneamente, o que ajuda a manter o alinhamento estratégico.

Análise de dados

O ERP é capaz de produzir relatórios com dados que permitem um olhar amplo e geral sobre todas as operações da empresa. Isso ajuda na tomada de decisão e na hora de traçar as estratégias de crescimento da companhia. Consequentemente, também é possível diminuir a fragmentação das ações, porque tudo estará integrado.

Ficou interessado nesse tipo de sistema? Então, confira nosso guia completo de ERP e saiba como ele pode melhorar sua empresa!

Quais as vantagens do CRM?

Assim como o ERP, um sistema CRM tem muitas vantagens. Afinal, o relacionamento com os clientes sempre precisa ser motivo de atenção dentro de uma empresa. Ter um atendimento de excelência ajuda a tornar o ciclo de vendas mais rentável e fidelizar a freguesia. Confira quais são as outras vantagens de uma solução CRM.

Organização

Uma equipe de vendas precisa ter o foco em conversão. Contudo, no mundo contemporâneo, as estratégias precisam estar cada vez mais planejadas e organizadas. É nessa hora que o CRM entra em ação. Ele possibilita estruturar o processo e dar um sentido lógico, ágil e eficiente ao setor.

Oportunidade de vendas

Lidar com vendas, leads e prospects nem sempre é fácil e precisa de organização. Afinal, é preciso dar a atenção necessária para cada um deles e manter um contato regular. O tempo de deixar tudo anotado em papéis já passou. Por isso, para saber quando as ações devem ser realizadas, é ideal que a companhia recorra a um sistema de CRM.

Compreensão da jornada do consumidor

Ter um software capaz de entender os hábitos de compra de um cliente a partir de seu histórico de vendas parece um sonho, não é mesmo? Porém, ele existe e é o CRM. Esse tipo de ferramenta possibilita a sua equipe de vendas compreender melhor a jornada de cada cliente e aumentar as chances de conversão.

Alinhamento com o marketing

O departamento de marketing e vendas devem andar juntos para maximizar os resultados. Por isso, o CRM contribui para integrar as informações e ajuda a traçar novas estratégias, atração de leads e afins. Então a equipe de vendas entra em ação e finaliza a conversão.

Otimização dos relacionamentos

O relacionamento a longo prazo com os clientes é fundamental para o crescimento da empresa. Afinal, são eles que trazem a possibilidade de crescimento para a empresa. Por isso, muitos softwares de CRM são capazes de automatizar o contato com aqueles consumidores que já estão dentro do funil de vendas.

O uso da tecnologia potencializa o crescimento de uma companhia. Quer saber de que forma é possível fazer isso? Então confira nosso post sobre como melhorar os resultados da empresa!

ERP e CRM devem trabalhar juntos?

Não só podem como devem trabalhar em conjunto! As ferramentas de ERP e CRM são fundamentais para o funcionamento otimizado de uma empresa. Principalmente no que diz respeito ao cumprimento das tarefas diárias e busca por crescimento. Por isso, integrar os sistemas vai impactar positivamente o funcionamento de uma operação.

Por exemplo, já imaginou como as transações podem ficar mais seguras e ágeis se os setores comercial, financeiro e de vendas estiverem integrados? É para isso que o trabalho conjunto do CRM e ERP vai servir. Outra situação que vai ficar otimizada é quando o time de vendas fecha um pedido e ele é passado para o estoque e logística de maneira automática.

Existem vários casos de sucesso nos quais as empresas que automatizaram suas tarefas tiveram sucesso. Por exemplo, veja como é possível integrar ERP e marketplace para ter ainda mais lucro.

Como escolher um bom software de gestão?

Em primeiro lugar, deve-se analisar as funcionalidades e a reputação do fornecedor. Com isso, já é possível saber se suas necessidades vão ser atendidas pelos candidatos ao sistema de gestão da sua companhia. Outro ponto que deve ser considerado é a relação custo-benefício para a sua empresa. Afinal, a ideia é melhorar a lucratividade da companhia.

Caso você já possua um software de gestão, é preciso analisar se ele ainda supre suas necessidades. Em certos casos, a companhia pode ter crescido ou o sistema não é atualizado o suficiente, e pode ser a hora de trocar de sistema ERP. Por isso, é importante manter um contato direto e transparente com o fornecedor e, assim, evitar prejuízos.

Por fim, é de extrema importância que o desenvolvedor do seu software forneça um bom suporte. Afinal, ninguém gosta de ver que o sistema está fora do ar e não poder fazer nada a respeito. Isso sem contar nas perdas que sua empresa pode sofrer nos momentos em que o ERP ou CRM estão inativos.

Viu como é importante automatizar e otimizar os processos da sua empresa? Para isso, os softwares de ERP e CRM são fundamentais e devem caminhar juntos. Dessa forma, será possível aumentar a produtividade da equipe, reduzir custos, integrar processos e potencializar os ganhos.

Porém, ao fazer a migração para um software, nem tudo são flores. Afinal, caso haja algum erro nesse processo, as consequências podem ser muito graves. Dessa forma, é preciso que toda implementação seja feita de maneira estratégica e de forma que toda equipe acompanhe as mudanças. Para saber mais sobre esse assunto, leia nosso post sobre como implementar um ERP.

Demonstração Grátis