Conheça o melhor Sistema ERP para Indústrias e Distribuidoras


Na logística empresarial, o armazenamento de produtos é uma etapa crucial para garantir que a empresa atenda às demandas dos clientes de forma adequada. Nesse sentido, o estoque de ciclo é um dos métodos usados para garantir os níveis de estoque ideias.

Essa metodologia de controle de estoque possibilita que as companhias compreendam qual a quantidade correta de produtos é necessária em estoque para atender os pedidos dos clientes em um determinado período. Quer entender o que é estoque de ciclo, quais as suas principais aplicações e como adotar esse método no seu negócio? Leia o nosso artigo!

O Que É Estoque De Ciclo?

estoque de ciclo

O estoque de ciclo é um método que leva em consideração a quantidade de mercadorias necessárias que deve ser mantida por uma empresa para atender à demanda durante um determinado período. 

Ele indica a parte do estoque total que é usada entre dois pedidos consecutivos, desde o momento que um pedido é feito até a chegada do próximo pedido.

O objetivo do estoque de ciclo é permitir que a companhia tenha mercadorias suficientes para atender às necessidades dos clientes durante esse intervalo, evitando a falta ou mesmo o excesso de estoque.

Quais Os Tipos De Armazenagem No Estoque De Ciclo?

As empresas podem contar com diferentes tipos de armazenagem no estoque de ciclo, como a própria, contratada e terceirizada. Confira os detalhes de cada uma delas:

Própria

A armazenagem própria refere-se à gestão e operação do espaço de armazenamento por parte da própria empresa.

Contratada

A armazenagem contratada envolve a utilização de instalações de armazenamento de terceiros, mediante contrato. 

Terceirizada

Já a armazenagem terceirizada está relacionada, como o nome sugere, à terceirização completa da gestão do armazém, incluindo o espaço e os processos logísticos, que ficam sob responsabilidade da empresa especializada. 

Quais Os Principais Tipos De Estoque?

As empresas podem adotar os mais diferentes tipos de estoque. Entre os principais podemos citar o estoque de proteção, uma modalidade que assegura a disponibilidade constante de mercadorias nas prateleiras

Para isso, as empresas precisam conhecer e manter os produtos mais demandados sempre em estoque. Temos também o estoque de antecipação, um método que previne a escassez de produtos em épocas de alta demanda, sendo muito usado em indústrias, como a alimentícia. 

Outro método é o estoque de canal, que se refere aos produtos em transporte da indústria para a loja. Uma técnica mais recente é o dropshipping, uma abordagem que terceiriza a armazenagem e envio dos produtos. 

Podemos citar ainda que o estoque consignado é uma prática em que um fornecedor disponibiliza seus produtos para um revendedor, mas estes permanecem de propriedade do fornecedor até serem vendidos. 

O estoque regulador é um método muito usado para reduzir riscos sazonais, sendo útil para empresas com filiais. Já o estoque inativo está relacionado aos produtos que estão parados e não estão sendo movimentados ou vendidos.

Por fim, temos o estoque de ciclo, que se refere à quantidade de mercadorias necessárias que deve ser mantida por uma empresa para atender à demanda durante um determinado período. 

Quais São As Vantagens Do Estoque De Ciclo?

O estoque de ciclo oferece diversas vantagens para as empresas. Uma das principais, sem dúvida, é a possibilidade de ter uma gestão mais eficiente dos níveis de estoque, evitando a falta ou mesmo o excesso de produtos nos armazéns. 

Dessa forma, sua empresa consegue atender, de forma consistente, à demanda, garantindo um equilíbrio saudável entre oferta e procura. 

Outra vantagem é que o estoque de ciclo auxilia na otimização dos custos de armazenagem, já que as empresas conseguem planejar melhor em relação ao volume de mercadorias, que deve ser armazenado durante o intervalo entre dois pedidos. Com isso, é possível reduzir os custos de armazenamento de grandes quantidades de estoque. 

Esse tipo de estoque é benéfico também porque ele minimiza o risco de obsolescência, pois a gestão eficiente do estoque possibilita uma rotação mais rápida dos produtos. 

Para Qual Empresa O Estoque De Ciclo É Recomendado?

O estoque de ciclo é indicado para empresas variadas, mas especialmente para aquelas que atuam nos setores de produção, manufatura ou venda de produtos físicos. 

Além disso, ele também pode ser vantajoso para as empresas que possuem variações sazonais na demanda ou cujos processos de produção não possibilitam a entrega imediata de produtos. 

Empresas de setores como varejo, distribuição e logística podem se beneficiar ao adotar estoque de ciclo, pois esse método garante que haja volume ideal de mercadorias entre os pedidos consecutivos, evitando, assim, a falta de produtos.

Quais As Diferenças Entre Estoque De Ciclo E Estoque De Segurança?

estoque de ciclo

O estoque de ciclo e o estoque de segurança são métodos com características e operacionalidades diferentes. 

Enquanto o estoque de ciclo refere-se à quantidade de produtos necessária para atender à demanda entre dois pedidos consecutivos, o estoque de segurança é uma reserva extra mantida para atender as variações imprevistas na demanda, como atrasos no fornecimento, por exemplo. 

Como Calcular O Estoque De Ciclo?

O cálculo do estoque de ciclo envolve a determinação da quantidade de mercadorias necessárias para atender à demanda entre dois pedidos consecutivos. 

Para realizar esse cálculo, o ideal é compreender o consumo médio de mercadorias durante o período entre os pedidos e o tempo desde a emissão de um pedido até a chegada do próximo. 

A fórmula básica para calcular o estoque de ciclo é a seguinte:

Estoque de Ciclo = Consumo Médio Diário (ou Semanal) x Tempo Entre Pedidos. 

Esse cálculo possibilita que um negócio saiba qual a quantidade ideal de mercadorias a serem mantidas em estoque para atender à demanda do mercado. 

Como Escolher O Melhor Tipo De Estoque?

Para escolher o tipo de estoque ideal para sua empresa, o primeiro passo é considerar sua a natureza operacional do seu negócio, a demanda do mercado e sua eficiência logística. 

Sendo assim, analise a variabilidade da demanda, sazonalidade e previsões de vendas para compreender se a empresa necessita de estoques de ciclo, antecipação ou regulador. Além disso, é importante também avaliar a cadeia de suprimentos e os tempos de entrega dos produtos. 

Outro ponto que merece a sua atenção é a natureza perecível, pois, assim, você consegue entender qual desses tipos de estoque é o mais adequado para essa condição. 

Conclusão

Agora que você já sabe o que é estoque de ciclo e quais as principais indicações, lembre-se de levar em consideração as dicas que trouxemos neste artigo para escolher o método ideal para o seu negócio.

Na hora de fazer a gestão de estoque eficiente da sua empresa, conte com um bom sistema de estoque para auxiliar na precisão de dados e na automatização das rotinas internas. 

Conheça o software de controle de estoque da ADV Tecnologia, que auxilia na gestão de seu estoque, de produtos para revenda, mercadorias acabadas e matérias-primas, etc. Com o nosso sistema, a sua empresa consegue checar se os itens separados coincidem com os itens vendidos, minimizando erros de inversão de produtos ou divergências entre as quantidades vendidas e efetivamente entregues e muito mais. 

Acesse o nosso site e encontre a melhor solução para a gestão do seu estoque. Agende uma demonstração!


    Acesse agora a Demonstração Grátis

    Descubra como transformar a gestão da sua empresa

    Sistema de gestão completo, fácil de instalar e simples de usar, faça uma demonstração gratuita

    Área de Atuação




    Demonstração Grátis