Erros comuns na implementação de um ERP

//Erros comuns na implementação de um ERP

Muitas empresas já perceberam que contar com um Sistema ERP pode ser um fator de vantagem competitiva, pois o sistema é utilizado para otimizar processos, economizar recursos e tempo das organizações. Mas existem alguns erros na implantação de um ERP que podem comprometer seu bom funcionamento e melhor aproveitamento.

Para que seja possível aproveitar todos os benefícios e as vantagens desse sistema, é necessário estar atento para algumas boas práticas de implementação. Confira agora quais são esses erros e o que você pode fazer para contorná-los!

Falta de planejamento

Para que qualquer projeto tenha sucesso, é preciso investir algum tempo para o seu planejamento. E um dos erros na implementação de um ERP é justamente pular essa etapa ou passar por ela rapidamente. Os processos precisam ser bem mapeados antes de se escolher o sistema a ser utilizado. Também é necessário que uma equipe seja incumbida de analisar o ERP. Não será possível melhorar e otimizar os processos da empresa com o ERP se as pessoas sequer sabem quais são eles.

Equipe errada

Os gestores ou os empresários precisam ter em mente que implementar um ERP é um projeto altamente estratégico para a empresa. Por isso, precisa contar, desde o início, com pessoas que façam com que esse projeto seja um sucesso. A aprovação do sistema não pode vir só “de cima”, mas precisa envolver além da equipe de TI, participantes estratégicos e que farão uso desse sistema.  Desta maneira, eles serão responsáveis por customizá-lo da maneira mais eficiente possível.

Subestimar os esforços e o tempo

Um dos erros mais comuns na implementação de um ERP é achar que essa é uma solução imediata e que não irá necessitar de recursos e de tempo durante sua implementação. Para que o sistema seja completamente adaptado às necessidades da empresa, resultando em melhoria de processos e otimização de tempo, o envolvimento da equipe é fundamental. Mas isso demanda algum tempo.

Por isso, é importante, durante a etapa do planejamento, prever quantas horas de envolvimento de determinadas pessoas serão necessárias para que o processo de implementação seja eficiente. Desta maneira, não haverá surpresas indesejáveis ou frustração que podem prejudicar o bom funcionamento do sistema.

Deixar de lado o treinamento

Todos os funcionários que irão, em algum momento, utilizar o ERP, precisam de formação e treinamento sobre ele, incluindo suas funcionalidades, os novos processos e quais são as mudanças a partir dali. Pular essa etapa, deixar para depois ou deduzir que os funcionários aprenderão sozinhos pode comprometer bastante a utilização do sistema, que possivelmente perderá com isso grande parte do seu potencial.

Não fazer manutenção

Não fazer manutenção é um dos erros comuns na implementação de um ERP. O investimento inicial é alto, portanto, ignorar a manutenção preventiva fará com que não se tire todo o proveito do sistema, que se tornará obsoleto.

Erros comuns na implementação de um ERP podem ser prevenidos com algumas atitudes, evitando com que a empresa perca benefícios e vantagens do sistema. Caso você ainda tenha alguma dúvida ou queira fazer algum questionamento, deixe o seu comentário e participe da conversa.

CTA - e-book Como escolher a melhor ferramenta de gestão para sua empresa

Por | 2015-11-19T10:08:54+00:00 19/11/15|

Deixe seu comentário

Atenção: Os comentários abaixo são de inteira responsabilidade de seus respectivos autores e não representam, necessariamente, a opinião da ADV Tecnologia.

Ligue Agora: (11) 2261-4000 Fora do Estado de SP: 0800 818 2804