O controle de estoque é muitas vezes confundido com uma atividade meramente operacional, porém tem extrema importância para o aumento de lucros e sucesso de uma empresa. Por isso neste artigo vamos abordar  tudo o que você precisa saber para fazer um controle de estoque eficiente! Pronto para se aventurar neste universo? 

O que é controle de estoque?

Antes de tudo é essencial que se saiba a definição Controle de estoque, ou gestão de estoque, é a função desempenhada com fins de controlar o fluxo de materiais dentro de uma empresa, apontando informações muito pertinentes sobre as vendas, bem como analisando quais produtos estão em falta e precisam ser repostos.

Controle de estoque engloba o planejamento, organização e controle do fluxo de materiais de uma organização. Ou seja, todo o trâmite dos produtos que entram e saem de uma empresa estão ligados ao estoque.

Algumas organizações, na maior parte as que prestam serviços, precisam fazer um controle mais simples, não ligados a sua atividade final. Por isso focam no controle de estoque que engloba almoxarifado, materiais de limpeza, alimentos, dentre outros. Já empresas que vendem produtos, o controle é a chave para a lucratividade.

Tipos de controle de estoque

O controle de estoque é essencial para diminuir desperdícios e otimizar tempo e energia para a gestão de recursos financeiros. Os estoques em si, podem ser divididos, a grosso modo, em 2 tipos. Vamos conhecê-los?

Estoque de matérias primas

Este tipo de estoque está ligado a empresas do ramo industrial, ou seja, organizações que vendem produtos para que outras empresas façam a revenda. Tal estoque está disponível para outros setores transformarem a matéria prima em produto final.

É de suma importância que a empresa possua em seu estoque todos os materiais necessários para a produção do objeto final de venda. O estoque é que dirá se as vendas estão sendo boas ou não.

Estoque para varejo

Este estoque está relacionado a empresas que vendem seus próprios produtos ou produtos de terceiros. Ou seja, é ele que informa a quantidade de mercadorias disponíveis para venda, e sua gestão é de extrema importância para medir a performance do seu negócio.

Um bom controle de estoque consegue identificar se um produto está com a demanda maior ou menor que a oferta. Isso porque, se a demanda estiver menor que a oferta, significa que as vendas estão indo mal.

Além disso, quando paramos para pensar, manter produtos em estoque gera gastos com espaço e administração. Por isso muitas empresas realizam os famosos “queimões”, para dar lugar a novos produtos no estoque. Fazer a gestão de estoque é realmente algo muito importante.

Para que serve fazer o controle de estoque?

Sendo bem objetivos, o controle de estoque serve para uma infinidade de situações. Contudo apresentaremos as principais.

Uma gestão de estoque eficiente pode reduzir ou eliminar por completo o desperdício de recursos, fazendo com que sua empresa economize dinheiro. Conjuntamente com uma estratégia e mapeamento de processos, é possível otimizar recursos e tempo.

O controle de estoque feito da maneira correta também ajuda a saber quais produtos estão em falta ou em baixa quantidade. Desse modo, seu estabelecimento nunca desapontará o cliente final.

Além disso, o controle de estoque pode ser tornar uma vantagem competitiva. Isso porque, fazendo-se uma pesquisa de como está o estoque de outras empresas e abastecendo o seu com os produtos faltantes na concorrência, será possível não só vender mais como fidelizar clientes.

A gestão de estoque faz o controle do fluxo de materiais dentro da sua empresa, indicando o desempenho de setores como financeiro, vendas e administrativo. Isso dá um panorama do que deverá ser comprado no futuro e organiza o planejamento da empresa.

É através destes processos que é possível criar algumas estratégias de vendas bem sucedidas. Tais como vendas sazonais, campanhas publicitárias, alternativas de marketing etc.

Vantagens do controle de estoque

O controle de estoque bem feito possui uma série de vantagens, inclusive competitivas. Desta maneira vamos apresentar de forma esquematizada o porquê de você precisar adotar um método de gestão de estoque para sua empresa ainda hoje (ou no máximo amanhã):

    1. Gestão de produção eficiente, orientada pelo que mais gira no seu estoque: ou seja, mapear o que está saindo e entrando no seu estoque e assim saber com propriedade questões sobre demanda e oferta. Podendo desenvolver estratégias para melhor a saída de determinado produto e estabilizar a de outro.
    2. Gestão de compras eficiente: sabendo gerenciar seu estoque você sabe exatamente quais produtos valem a pena de serem adquiridos naquele determinado momento e quais não. Isso te dá conhecimento aprofundado da sua própria empresa e também do seu mercado.
    3. Melhoria da comunicação entre setores: o controle de estoque garante que o setor financeiro, de vendas, administrativo, compras, logística e estoque estejam em sintonia e saibam exatamente o que cada um precisa e solicita. Tendo uma linguagem em comum.
    4. Redução de perdas: ou seja, nada mais será comprado a mais, ou perdido, seja por validade ou por estado de conservação. Uma vez que, o gestor terá conhecimento prévio do que realmente é necessário e terá oferta.
    5. Produtividade de um modo geral: a empresa se tornará mais produtiva, mais imerso no processo de vendas. Conhecendo melhor seus produtos e seus clientes e trabalhando numa equipe em sintonia.
    6. Espaço bem aproveitado: nada mais de ficar tudo empilhado esperando um dia ser vendido, se o gestor faz um controle de estoque assertivo, seu estoque estará sempre atualizado e sofrerá o mínimo ou nada de perdas.
    7. Organização do estoque: isso já está implícito, mas a gestão de estoque permite que haja uma organização, aumentando a identificação dos produtos e portanto a produtividade.

Porque utilizar um sistema de controle de estoque

Se você quer fazer um controle de estoque eficiente e evitar erros e retrabalhos, um software de gestão empresarial, com enfoque para uma controle de estoque bem trabalhado, é essencial. Com ele é possível gerar relatórios para os gestores, otimizar processos e sugerir mudanças, aumentando assim a produtividade.

Além disso, o processo de automação desse setor está ligado diretamente ao financeiro, que irá ter o benefício de analisar como está o giro de estoque, sabendo o que deve ou não comprar. Desta forma gastos e custos são extremamente reduzidos.

Como você pôde ver o controle de estoque é essencial dentro de qualquer empresa. Para poder fazê-lo de modo mais assertivo e otimizado um software de gestão empresarial de qualidade é essencial. A ADV Tecnologia tem o software certo para você, que engloba as mais diversas particularidades do controle de estoque. Se interessou? Venha bater um papo sem compromisso com a gente!

 

Demonstração Grátis