Cadastre-se e assista uma demonstração online

Demonstração Interativa

Acesse e conheça todos os detalhes do software Advanced Business ERP

Advanced Business E.R.P

Qual a importância do fluxo de caixa nas empresas?

Qual a importância do fluxo de caixa nas empresas?

Por serem capazes de fornecer resultados importantes e ajudar tanto no controle como no crescimento do negócio, algumas ferramentas já são mais do que consagradas na gestão empresarial. E o fluxo de caixa se encaixa perfeitamente nessa descrição, configurando-se como um dos recursos mais importantes para qualquer gestão financeira de qualidade!

Responsável por demonstrar as entradas e saídas financeiras do negócio, esse fluxo tem impacto direto no planejamento das ações da empresa, consequentemente interferindo em seus resultados. Quer entender melhor o assunto? Então descubra a seguir qual a importância do fluxo de caixa nas empresas e como ele atua no dia a dia! Veja só:

O que é fluxo de caixa?

O fluxo de caixa é uma ferramenta de gestão financeira que faz um controle detalhado sobre todas as entradas e saídas de recursos dentro de determinado período. Idealmente sendo feito dia a dia, esse fluxo ajuda a gestão a entender como é a movimentação financeira da empresa de uma maneira geral.

A ferramenta também pode ter um caráter preditivo, focando em um dado período no futuro. Com isso, quem está no comando da empresa passa a ter uma visão mais clara do que pode acontecer dali por diante, podendo também fazer comparações entre o fluxo previsto e o fluxo efetivamente realizado.

E qual a importância do fluxo de caixa?

Considerada uma das ferramentas mais necessárias para uma gestão de sucesso, o fluxo de caixa exerce um impacto elevado no comportamento da empresa e nos resultados que ela obtém. Essa importância se deve principalmente porque o fluxo de caixa:

Fornece uma análise sobre a saúde financeira

Uma importância do fluxo de caixa nas empresas diz respeito ao fato de que ele é capaz de fornecer uma análise bastante precisa sobre como está a saúde financeira do negócio. Isso é relevante porque nem sempre ganhar muito em um dia significa, efetivamente, lucrar nesse período.

Com a análise de fluxo de caixa é possível saber se a empresa ganha mais do que gasta — e se ela gasta mais para poder ganhar mais, por exemplo. Com isso, torna-se mais fácil perceber se o modelo de negócio é ou não rentável e se a empresa está com boa saúde nas finanças (afinal, se o fluxo de caixa está constantemente negativo, significa que algo está muito errado neste setor).

Garante mais controle financeiro

O controle financeiro também é garantido pelo fluxo de caixa, considerado uma das principais ferramentas para a tarefa. Ao fazer corretamente seu fluxo de caixa, a gestão passa a ter plena certeza sobre tudo o que entra e o que sai da empresa diariamente, identificando-se de onde vem cada receita e para que se destina cada dispêndio.

Isso permite, inclusive, que a empresa crie e mantenha um amplo histórico, que poderá ser consultado sempre que for necessário. O resultado de todo esse controle se vê a partir do aumento da segurança financeira do negócio como um todo.

Permite que a empresa se planeje financeiramente

Como também pode ser feito de maneira preditiva, o fluxo de caixa ajuda a empresa a se planejar financeiramente, a fim de absorver qualquer impacto futuro. Isso acontece, por exemplo, quando o negócio faz um fluxo de caixa para um determinado trimestre prevendo que acontecerá uma queda nas entradas devido à sazonalidade.

Ao saber disso, a empresa consegue começar a planejar desde já o que precisará fazer financeiramente para que os impactos dessa redução sejam os menores possíveis. Dessa forma, o fluxo de caixa é capaz de garantir mais solidez a seus processos.

Ajuda na otimização de custos

Um gerenciamento correto do fluxo de caixa também permite que a empresa identifique se algum setor, uma certa operação ou processo específico está consumindo mais recursos do que deveria. Nesses casos, é possível identificar onde há desperdício de recursos para atuar de maneira a garantir sua otimização, com uma redução benéfica nos gastos.

Com o fluxo de caixa também é possível acompanhar o impacto das medidas tomadas para essa redução, vendo se elas são realmente efetivas ou se uma nova atuação é necessária. Com isso, é possível garantir resultados cada vez melhores para a empresa.

Apoia o processo de tomada de decisão

Como o fluxo de caixa gera informação financeira e informação é um bem muito valioso para qualquer empresa que deseje ter sucesso, essa ferramenta também tem importância ao apoiar o processo de tomada de decisão como um todo.

Pense bem: uma gestão está muito mais preparada ao fazer uma avaliação de fluxo de caixa, diminuindo com isso as chances de que uma decisão seja tomada incorretamente. Com o fluxo de caixa em dia, a empresa pode planejar um investimento ou então prever uma necessidade de obtenção de recursos, por exemplo, favorecendo os resultados.

Mas como gerenciá-lo?

Tão importante quanto o fluxo de caixa em si é seu gerenciamento, já que é o que garante que essa ferramenta seja relevante e completa. No geral, o mais indicado é que o fluxo de caixa seja planejado para um determinado período, mas, mesmo assim, gerenciado dia a dia. Isso significa computar as entradas e saídas diárias das finanças do negócio.

Além disso, também é altamente recomendado que um sistema específico de gestão seja utilizado. Embora não haja nada de errado com o fluxo de caixa feito à mão, a verdade é que esse processo é mais demorado e menos eficiente, podendo ser ainda mais complicado quando se considera uma empresa com muitas operações ou contas complexas demais. Por isso é que gerenciar o fluxo de caixa por meio de um sistema de gestão não só é recomendado como é fundamental para gerar resultados realmente relevantes.

O fluxo de caixa é de grande importância para que a empresa possa conhecer, otimizar e planejar sua situação financeira. Como são informações valiosas, esse recurso é um grande apoiador da tomada de decisão empresarial, o que garante que o negócio se tornará mais robusto.

E você, como faz o fluxo de caixa na sua empresa? Como ele ajuda na gestão de seus negócios? Comente e compartilhe suas experiências!

 

Compartilhe