Cadastre-se e assista uma demonstração online

Demonstração Interativa

Acesse e conheça todos os detalhes do software Advanced Business ERP

Advanced Business E.R.P

KPIs para ERP: veja como acompanhar o desempenho do seu software

KPIs para ERP: veja como acompanhar o desempenho do seu software

Os softwares de ERP — Enterprise Resource Planning — são fundamentais para que empresas tenham processos otimizados e negócios consolidados com mais facilidade. Entretanto, a implementação desse sistema é um grande desafio para gestores de TI. Ter um bom planejamento é indispensável para evitar que a implementação dure mais do que o planejado ou tenha um custo excessivo.

Já a mensuração dos resultados pode ser feita por meio de indicadores que vão além do ROI — Return On Investment —, uma métrica que ainda é uma das ferramentas vitais em projetos de TI. E se você quer conhecer os principais indicadores de performance — KPIs para ERP — acompanhe o que preparamos para você no post de hoje.

Como definir o sucesso do ERP

Uma implantação de um ERP de sucesso irá aumentar a produtividade da empresa, permitindo que ela entenda melhor como é possível melhorar as suas operações internas e externas, diminuindo custos. Por meio de indicadores de performance, os KPIs, é possível rastrear o sucesso da implementação do ERP e quais os resultados serão obtidos em longo prazo. Algumas métricas são simples de serem mensuradas, tais como:

  • Tempo de duração da implementação X tempo previsto;
  • Custo da implementação X orçamento previsto;
  • Aumento da velocidade de execução de rotinas internas;

Esses são apenas alguns indicadores mais básicos que podem ser utilizados. O uso de bons parâmetros pode ser a chave para o sucesso — ou fracasso — de um ERP. É fundamental para empresas entenderem que esses indicadores permitem a boa mensuração dos benefícios de um software ERP, uma vez que organizações tendem a gastar 4% de suas receitas a cada ano para o licenciamento e manutenção desses sistemas. Ainda podemos listar outros critérios que devem ser comparados antes e depois da implementação do ERP, como:

  • Custos de manutenção de inventários;
  • Taxa de atendimento de pedidos;
  • Tempo entre a criação do pedido e o envio do produto;
  • Número de ordens completadas;
  • Número de ligações diárias ou orçamentos gerados;
  • Lucros por cliente, localização ou parceiro comercial.

Além disso, a taxa de retorno (ROI) pode ser utilizada para identificar parte do sucesso de uma implementação. Essa taxa é uma métrica que mostra o retorno financeiro obtido com um determinado projeto, e é muito utilizada no meio contábil. Além disso, é importante saber adaptar os parâmetros que serão utilizados para o seu tipo de negócio. Assim, a análise será mais precisa e com resultados fieis ao seu tipo de serviço.

A melhor companhia para o ROI

O uso de critérios de sucesso que vão além do ROI permite que empresas possam entender melhor como os objetivos dos projetos de ERPs foram alcançados. Muitas vezes, o ROI pode não ser eficiente para medir progressos relacionadas ao dia a dia da empresa ou as percepções que os colaboradores possuem ao executar as suas atividades.

KIPs podem ser extremamente valiosos para empresas definirem o sucesso da implementação de seus ERPs. Além disso, eles permitem que times de TI possam planejar melhor as etapas de instalação dos sistemas, focando na otimização de softwares, diminuição e racionalização de gastos, além de melhorias na resolução de problemas.

O uso de KPIs para ERP permite que processos relacionados ao Sistema ERP sejam aprimorados continuamente. Eles ajudam gestores a criar, planejar e monitorar implementações, criando novas oportunidades de negócios e para as empresas.

E você, como mede o sucesso dos seus sistemas? Ainda tem alguma dúvida ou questionamento? Então, compartilhe conosco através dos comentários!

 

Compartilhe