Cadastre-se e assista uma demonstração online

Demonstração Interativa

Acesse e conheça todos os detalhes do software Advanced Business ERP

Advanced Business E.R.P

5 erros que você deve evitar no controle de estoque de sucesso

5 erros que você deve evitar no controle de estoque de sucesso

A gestão de estoque é uma área que, quando não é bem gerida e controlada, pode trazer diversos problemas para o gestor e para a empresa, chegando a causar grandes prejuízos financeiros. Mesmo sendo uma área mais operacional, é preciso dar atenção às rotinas de controle de estoque e evitar situações que podem trazer graves consequências.

No post de hoje, vamos mostrar 5 erros que você deve evitar no controle de estoque da sua empresa para obter uma gestão de sucesso. Quer saber quais são eles? Então confira agora mesmo:

Deixar de planejar em médio e longo prazo

O erro de alguns gestores é acreditar que a atividade de estoque se resume em receber, armazenar e expedir. Um bom planejamento envolve também previsão de demanda, controle de sazonalidade e gestão de compras.

Esse planejamento ajuda a compreender melhor o cenário de vendas, para que seja possível fazer uma programação de trabalho, evitando excessos, faltas, prejuízos e aumento dos custos.

Não fazer interação com outras áreas

O estoque deve atender à demanda de vendas, enquanto o setor de compras deve atender à demanda do estoque. Se essas áreas não se comunicam, existe uma possibilidade muito grande de que os itens disponíveis não condizam com a realidade comercial da empresa — o que acaba provocando perda de vendas, excesso de itens sem saída e desperdício do capital de giro da empresa. Portanto, a falta de comunicação é um dos erros principais que você deve evitar no controle de estoque.

Comprar itens em excesso

Um erro muito comum e que deve-se evitar no controle de estoque é a compra de itens em excesso. Muitos gestores acreditam que comprar itens além do necessário é uma garantia de que os produtos não irão faltar, mas isso não passa do reflexo de uma gestão inadequada.

Se existe o planejamento e a comunicação com o setor de vendas — realizando a previsão de demanda e sazonalidade — é possível saber a quantidade ideal a ser adquirida, sem necessidade de grandes excessos. Vale lembrar que quantidades maiores representam riscos de perdas, obsolescência e desperdício de capital de giro.

Negligenciar inventários

Uma das tarefas mais importantes do controle de estoque é a manutenção do inventário. Ele ajuda a identificar itens obsoletos, excessos e faltas de mercadorias e, acima de tudo, discrepâncias entre o estoque físico e o estoque contábil (aquele controlado por sistema e/ou planilhas).

Além disso, os inventários ajudam a identificar quais são as falhas e as principais causas de não-conformidade, permitindo que o gestor crie planos de ação mais eficazes para amenizar os riscos.

Fazer controle de estoque manual

Por menor que seja o seu negócio, a utilização de um sistema de controle é fundamental. Processos manuais aumentam os riscos de erros e diminuem a confiabilidade dos resultados e a segurança das informações. A automatização das atividades, por sua vez, melhora a comunicação entre as áreas através do compartilhamento automático de informações e contribui para o aumento da produtividade.

A gestão de estoque é uma área fundamental para o sucesso da empresa, tanto nos resultados em vendas quanto na saúde financeira do negócio. É por isso que o gestor deve sempre estar atento aos processos, avaliando as rotinas e criando ações de melhorias.

Quais outros erros você acha que as empresas devem evitar no controle de estoque? Compartilhe suas opiniões sobre o assunto por meio dos comentários!

Compartilhe